Novo CINEBusiness!

Novo?

Isso mesmo. A partir de hoje estamos oficialmente inaugurando o novo blog do CINEBusiness, que volta com força total. Mais colaboradores, mais artigos e um domínio profissional. Agora, melhor do que nunca, com muita gente competente por trás do melhor blog de cinema empreendedorismo nunca existente.

Esperamos você no CINEBusiness!

Anúncios

Seu Negócio Nunca Dará Certo se Você Continuar Dizendo aos Outros o que Eles Têm de Fazer.

Isso mesmo.

Resultados limitados são o que se consegue quando o líder serve de bombeiro para um time. “Chefe, socorro. Gerente socorrrooooo.”

Se você tem um cargo de liderança já deve ter recebido um subordinado em sua sala com os olhos esbugalhados e dizendo: “Chefe, temos um problema”. Neste momento sem demora, você para o que está fazendo e vai resolver o problema. Se você normalmente faz isso e se sente bem fazendo isso, parabéns, você sofre da síndrome do bombeiro. Líderes que não suportam a idéia de que sua equipe é capaz de resolver boa parte dos problemas muitas vezes criados por ela mesma são taxados como bombeiros corporativos.

Tenha calma, síndrome do bombeiro tem cura e ela se chama Líder Coach, ou melhor, a cura acontece quando o líder se porta como um Líder Coach.

Chefes tradicionais são centralizadores e gostam de servir como fonte de todas as respostas dentro da empresa, já o Líder Coach procura fazer com que cada funcionário encontre suas próprias respostas para vários tipos de problemas e questionamentos.

Leia mais sobre o processo de Coaching aqui.

Continue lendo

Aprendiz e Empreendedor.

Trate seu negócio como um negócio, não como uma forma de ganhar dinheiro.

Muito mais que uma história baseada em fatos reais, este é sem dúvida, um excelente filme sobre empreendedorismo.

Continue lendo

Conheça-te a Ti Mesmo.

Seven é um filme interessante; um suspense cruel e horroroso.

De acordo com o Diretor David Fincher ; este filme é fictício – eu não acho! Não vejo por esse lado, e acredito que ele afirma isso, para não “alarmar” tanto a população.

Em Se7en, os pecados capitais são mostrados em seu ápice, em suas supostas hipérboles. São pecados que chegam ao extremo de MATAR!

Para quem não viu; o nosso amigo Diretor David Fincher trabalhou neste thriller, com assasinatos em série, tendo como chave, os sete pecados capitais – todos os pecados são bem escritos, os crimes são fantásticos – como o homem que é encontrado como vítima da PREGUIÇA.

Se7en é um thriller policial, onde Morgan Freeman é um detetive experiente, prestes à se aposentar, Brad Pitt um recém chegado na divisão, que quer mudar o mundo, cheio de gás ( como se ele tivesse lido as linhas do Enrico, e assim, “partindo para a ação”).

De repente, uma pista de um crime “acidentalmente” chega ao novato, e a dupla se envolve para desvendar o mistério daquele que, mais tarde, seria revelado o primeiro de muitos.

Este filme, pode ser um bom passatempo, ou um baita soco no estômago – se for para distrair, passe bem o seu tempo; se for para refletir, PREPARE-SE! Você sairá da frente do seu monitor com uma das duas reações : ou nojo do ser humano, ou uma incrível necessidade de mudar de vida – para evitar de olhar para o espelho e ver-se como um dos “pecados” expostos.

Eu hoje, penso muito mais antes das ações, e observo as características; vejo as ações, os pecados, e a melhor forma de evitar estes pecados é buscando as sete virtudes; minha idéia é pensar “mais ou menos” assim:

Continue lendo

Abramos Espaço Pra Ganância.

Quando a cooperação entre as pessoas der lugar à ganância e à ambição desvairada, entraremos em uma guerra sem fim.

Esta semana, bem depois do lançamento de Avatar eu fui ver o filme. E acho que, muito provavelmente James Cameron conseguirá, com muito louvor ter dois filmes seus entre os dois mais vistos de todos os tempos. MAS, deixando os espetáculos de bilheteria, a tecnologia e os grandes efeitos especiais de lado, Avatar tem muito mais lições para ensinar.

Em Avatar, o planeta Terra está acabando pela exploração industrial do homem. A exploração que levou o homem  a buscar, dentro e fora do planeta mais dinheiro, mais inovação, mais maneiras de criar dinheiro, produzir energia e, assim destruir raças, lares e famílias.

O personagem de Jake diz, no final do filme que a ganancia destruiu seu planeta, que não existem mais verdes, que o ar é rarefeito e que, famílias foram dizimadas dando lugar ao progresso humano. Ao progresso, à ganância e à evolução. Isso mesmo. Cansado de acabar com os recursos do nosso planeta, o homem foi pra fora de nosso sistema solar procurar por alguma coisa que possa ser trocada por dinheiro.

E encontram. Encontram Pandora. Um lugar que, fica aproximadamente há seis anos de distância da Terra, ou seja, muito longe. Mas, como não há limites para ganância, a civilização quer fazer o mesmo que fez consigo mesmo com a raça dos outros.

Continue lendo

Anúncios